Foundation

Trilogia literária ‘Foundation’ de Isaac Asimov vai ter uma adaptação televisiva

No que toca aos livros de ficção científica, poucos nomes reluzem tanto como o do escritor americano Isaac Asimov. Nascido na Rússia, é considerado um dos “três grandes” do género literário, juntamente com Robert A. Heinlein e Arthur C. Clarke. A sua obra mais popular é a trilogia ‘Foundation’. Conhecido não só pela veia criativa, Asimov era bioquímico de profissão e publicou centenas de ensaios não-ficcionais onde explica conceitos científicos de um ponto de vista histórico, explorando o passado dos objetos de estudo, abordagem que se tornou a sua imagem de marca. O seu conhecimento científico e histórico foi, então, posto ao serviço da ficção, com a exploração das imensas possibilidades futuristas que viajavam pela sua imaginação em meados do século XX.

Agora, segundo o Deadline, a Apple vai adaptar a trilogia ‘Foundation’, que é constituída pelos livros ‘Foundation’ (1951), ‘Foundation and Empire’ (1952) e ‘Second Foundation’ (1953). Para tal, o futuro serviço de streaming conta com David S. Goyer, o escritor responsável pelos argumentos da “trilogia The Dark Knight” de Christopher Nolan, e Josh Friedman, guionista envolvido nas sequelas de Avatar (2009) e no remake de War of the Worlds (2005). A história dos livros segue vários humanos espalhados ao longo da Galáxia, todos eles sob a alçada do Império Galáctico. O protagonista é um historiador com a capacidade de ler o futuro que prevê o colapso do Império. Por isso, embarca na missão de impedir que o conhecimento da humanidade seja destruído, de maneira a reestruturar a sociedade futura.

Esta não é a primeira vez que a trilogia de Asimov é abordada, visto vários cineastas, produtores e guionistas terem tentado adaptar a obra no passado. Desde Bob Shaye e Michael Lynne, que foram os responsáveis por dar luz verde à adaptação de ‘The Lord of the Rings’, passando pelo realizador Roland Emmerich, até Jonathan Nolan, que tem atualmente a cargo a série da HBO Westworld, todos se encontraram perante um desafio quase impossível face à complexidade do enredo de ‘Foundation’, optando por desistir da ideia.

Este é o oitavo anúncio da gigante tecnológica relativo à criação de séries originais, após ter criado uma secção destinada ao efeito gerida por Jamie Erlicht e Zack Van Amburg. Foundation junta-se a um drama sobre os bastidores dum talk show matinal produzido e protagonizado por Jennifer Aniston e Reese Witherspoon, ao reboot de Amazing Stories produzido por Steven Spielberg e Bryan Fuller, um drama espacial da autoria de Ronald D. Moore, criador de Battlestar Galactica e Outlander, a See, um drama sci-fi encabeçado por Steven Knight e Francis Lawrence, a adaptação do livro ‘Are You Sleeping’, protagonizada por Octavia Spencer, uma série musical da autoria de Damien Chazelle, uma comédia protagonizada por Kristen Wiig e um thriller psicológico a ser realizado por M. Night Shyamalan. Em adição, a secção também encomendou a sua primeira série documental, intitulada Home.

Com um número de governos, reinos e impérios que surgem e caem capaz de assustar a equipa criativa de Game of Thrones, Foundation é, porventura, um dos projetos televisivos mais ambiciosos e promissores de sempre.

Partilhar