Sophia Loren vai voltar ao grande ecrã em ‘La vita davanti a sé’

Cerca de uma década depois, a icónica atriz Sophia Loren volta ao Cinema aos 84 anos de idade. Segundo a Variety, o filme em questão está a ser realizado pelo seu filho, o realizador Edoardo Ponti, e esta interpreta Madame Rosa, uma sobrevivente do Holocausto que forja uma amizade com um imigrante senegalês de 12 anos, chamado Momo.

Intitulado La vita davanti a sé, o projeto é uma adaptação do livro ‘La vie devant soi’, da autoria de Romain Gary. A narrativa já foi adaptada para filme no passado, pelas mãos do cineasta israelita Moshé Mizrahi que, na altura, deu à sua versão o título Madame Rosa. O filme, protagonizado por Simone Signoret, ganhou o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1978. Na nova versão, Loren interpreta a mesma personagem que Signoret, porém, Ponti já referiu que as duas adaptações são muito diferentes.

O projeto começou as filmagens em Itália e Loren, que anda a trabalhar 10 horas por dia, diz que está a “exprimir coisas no ecrã duma forma que a audiência achará surpreendente”. Esta adiantou ainda que o seu filho tem sido extremamente exigente: “Ele conhece-me muito bem. Ele conhece cada centímetro da minha cara, do meu coração, da minha alma. Ele só segue para o próximo plano quando eu atinjo a minha verdade mais profunda”.

O resto do elenco inclui Abril Zamora, Renato Carpentieri, Babak Karimi e um jovem sem experiência em atuação que irá interpretar Momo.

O cineasta assegurou que o filme vai abordar o momento sociopolítico atual em Itália, todavia, garante que o foco estará nas emoções das personagens, sendo que serão os espectadores os responsáveis por decifrar as mensagens mais indiretas da narrativa.

Loren ganhou o Óscar de Melhor Atriz por Two Women (1960), o apogeu duma carreira internacional recheada de prémios que lhe valeu o prémio Cecil B. DeMille em 1995.

La vita davanti a sé, cujo título em inglês será The Life Ahead, deve estrear em 2020.

Partilhar