Barry Jenkins

Próximo filme de Barry Jenkins é adaptação de ‘If Beale Street Could Talk’

O Óscar de Melhor Filme certamente trouxe uma quantidade considerável de projetos para a mesa de Barry Jenkins, no entanto, o realizador já fez questão de frisar que quer decidir os próximos passos da sua carreira com calma. Até há pouco, a adaptação do livro de Colson Whitehead, ‘The Underground Railroad’, para televisão, cujos direitos já foram adquiridos pela Amazon, e um filme biográfico sobre a pugilista Claressa “T-Rex” Shields, para o qual servirá  de argumentista, eram os seus únicos projetos futuros conhecidos. Agora, segundo a Variety, o realizador vai adaptar o livro de James Baldwin, ‘If Beale Street Could Talk’, para o grande ecrã.

Barry Jenkins

O projeto, que vai ser distribuído pela Annapurna Pictures, é uma das paixões do realizador, após ter escrito o seu argumento no mesmo Verão que escreveu Moonlight (2016). O livro de Baldwin, editado em 2006, conta a história de Trish, uma rapariga de 19 anos que vive no Harlem e está grávida e noiva de Fonny, um jovem escultor que é falsamente acusado dum horrível crime e encarcerado. Numa corrida contra o tempo, Trish tenta a todo o custo provar a inocência do seu futuro marido, enquanto carrega o seu filho no ventre. É tido como um conto emocionante sobre amor, desespero e justiça.

Jenkins, que trabalha no guião desde 2013, obteve a autorização da família Baldwin e prepara-se para iniciar a produção em Outubro com a mesma equipa responsável por Moonlight. “James Baldwin é um homem à frente do seu tempo. As suas interrogações sobre a consciência americana permanecem relevantes até ao dia de hoje”, referiu Jenkins, acrescentando ainda que “traduzir o poder do amor entre Trish e Fonny para o grande ecrã à imagem de Baldwin é um sonho que me é querido (…) Estou entusiasmado por finalmente trazer esse sonho à realidade”, concluiu.

Partilhar