Michael Caine junta-se ao próximo filme de Christopher Nolan

A Warner Bros confirmou o início das filmagens de Tenet, título oficial do novo projeto de Christopher Nolan. Ademais, segundo o Deadline, o estúdio confirmou a adição ao elenco de Michael Caine – presença habitual nos filme do realizador -, Kenneth Branagh, Aaron Taylor-Johnson, Dimple Kapadia e Clémence Poésy. O grupo junta-se ao trio de protagonistas,  John David Washington, Robert Pattinson e Elizabeth Debicki, que já havia sido anunciado anteriormente.

O filme, que sucede a Dunkirk (2017), é descrito como um épico de ação com a espionagem internacional como pano de fundo. Nolan escreveu o guião e as filmagens vão decorrer em sete países diferentes. Em inglês, a peculiar palavra “tenet” significa “um dos principais alicerces de uma religião ou filosofia”.

Nolan vai colaborar com um novo editor em mais de uma década. Depois de trabalhar com Lee Smith em todos os projetos desde 2005, começando por Batman Begins (2015), o cineasta recrutou Jennifer Lame, a editora de Hereditary (2018). Antes disso, foi colaboradora regular de Noah Baumbach, tendo trabalhado com o cineasta em Frances Ha (2012), While We´re Young (2014) e The Meyerowitz Stories (2017). Lame também editou Manchester by the Sea (2016), o drama devastador de Kenneth Lonergan, que lhe rendeu um BAFTA e um Spirit Award. Smith teve de ser substituído por conflitos de agenda, visto que o editor está atualmente a trabalhar em 1917, obra sobre a Primeira Guerra Mundial realizada por Sam Mendes. Outra surpresa semelhante é a não inclusão do famoso compositor Hans Zimmer. Desta vez, a banda sonora irá ser criada por Ludwig Göransson, que, recentemente, produziu a banda sonora de Black Panther (2018) e da série Star Wars, The Mandalorian. Já a fotografia fica a cargo de Hoyte van Hoytema, cinematógrafo com quem o cineasta já trabalhou em Interstellar (2014) e Dunkirk (2017).

Nos últimos tempos, Nolan andou a trabalhar numa cópia não restaurada da longa-metragem realizada por Stanley Kubrick2001: A Space Odyssey (1968), a ser apresentada no Festival de Cannes. Ao contrário do que é comum na maioria das renovações, a cópia não foi melhorada digitalmente nem restaurada, apenas tem um formato grande de 70mm, tendo sido utilizados os negativos originais.

Tenet tem estreia marcada para 17 de Julho de 2020.

Partilhar