Matthew McConaughey

Matthew McConaughey vai protagonizar o próximo filme de Guy Ritchie

O cineasta Guy Ritchie pretende afastar-se dos filmes de estúdio de alto orçamento. Depois do sucesso da dupla de filmes sobre o detetive Sherlock Holmes, interpretado por Robert Downey Jr., e dos menos conseguidos The Man from U.N.C.L.E. (2015) e King Arthur: Legend of the Sword (2017), com o remake live-action de Alladin ainda por estrear, é difícil acreditar que este é o mesmo realizador que criou os filmes de culto Lock, Stock and Two Smoking Barrels (1998) e Snatch (2000), que se destacam ainda hoje pelo seu estilo próprio, assim como pela riqueza  de diálogos e personagens. Como tal, nessa tentativa de regressar às origens, para o realizador britânico segue-se Toff Guys.

Ritchie escreveu o guião juntamente com Marn Davies e Ivan Atkinson, e a história aborda um lord inglês que está a tentar liquidar os seus ganhos exorbitantes com o tráfico de droga. Para isso, recorre a um grupo de bilionários americanos originários do Oklahoma. A obra fluirá num registo entre Sexy Beast, filme de 2000 protagonizado por Ben Kingsley e Ray Winstone, e Downton Abbey, série que explorou a aristocracia inglesa dos meados do século XX.

Ademais, segundo a Variety, Ritchie acaba de angariar um nome de peso para o elenco: Matthew McConaughey. O ator norte-americano está bastante familiarizado com o estilo de personagem pretendido pelo cineasta e muitos já apontam o quão prolífera poderá ser a colaboração entre os dois. Além disso, estão também confirmados Kate Beckinsale e Henry Golding, jovem que se revelou recentemente ao grande público num dos filmes sensação de 2018, Crazy Rich Asians.

Os primeiros filmes de Ritchie distinguiram-se pela sua energia e irreverência, com destaque para o uso do sotaque tipicamente inglês, o que até causou dificuldades a alguns espectadores em perceber as falas das personagens. Jason Statham , Dexter FletcherVinnie Jones ou Jason Flemyng foram alguns dos atores que lançaram a sua carreira sob a alçada do cineasta.

Os direitos do filme foram adquiridos pela Miramax no Festival de Cannes e a produção deve começar neste Outono.

Partilhar