Denis Villeneuve

Denis Villeneuve confirma que ‘Dune’ vai ter duas partes

O cineasta Denis Villeneuve tem vindo a afirmar-se como um dos realizadores mais consistentes e ambiciosos da atual indústria cinematográfica. Apesar do seu último trabalho, Blade Runner 2049 (2017), ter desapontado na bilheteira, Villeneuve reuniu o respeito da crítica internacional e da grande maioria dos amantes da obra original, que receavam que a história do caçador de andróides Rick Deckard caísse em desgraça. O filme acabou por arrecadar várias nomeações para os prémios mais conceituados e por funcionar como a merecida consagração do cinematógrafo Roger Deakins, que ganhou o Óscar que há demasiado tempo lhe fugia. Agora, o realizador franco-canadense está a preparar-se para atacar o seu projeto paixão: a adaptação do clássico literário de ficção científica escrito por Frank Herbert, Dune.

A equipa da Legendary, a companhia que vai financiar o projeto, adorou a abordagem de Villeneuve à distopia criada por Philip K. Dick e pretende que o realizador adote a mesma linha de execução para Dune. Para isso, o realizador terá “carta branca” para fazer o que quiser, facto que é, sem dúvida, entusiasmante para os amantes da ficção científica adulta, já que o estúdio não vai tentar adaptar o material em questão às necessidades de um público mais amplo e talvez menos preparado para desenhos mais filosóficos e metafóricos, como é o caso da obra de Herbert.

Em entrevista ao La Presse, o cineasta confirmou que o projeto se irá dividir em duas partes. «Eu gostava de realizar os dois filmes em simultâneo, mas isso seria demasiado dispendioso». Segundo este, o guião está praticamente finalizado. «O Eric Roth escreveu a primeira versão e eu também dei uma ajuda», referiu. «Já não me divertia tanto, de um ponto de vista criativo, desde o ‘Incendies’». Roth é um dos guionistas mais respeitados de Hollywood, tendo sido a mente por trás de filmes como Forrest Gump (1994), The Insider (1999) e The Curious Case of Benjamin Button (2008). Para além do realizador franco-canadense, o guionista partilha atualmente a sua atenção com Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio, com os quais está a desenvolver a adaptação do livro de David Grann, ‘Killers of the Flower Moon’.

Em conversa com o The Telegraph, Villeneuve admitiu estar ciente do risco que implica dirigir outro filme de ficção científica de orçamento elevado. «Vamos apenas dizer que não é muito boa ideia fazer dois filmes deste género de seguida», admitiu. Referindo-se a Blade Runner 2049, o realizador confessou que só quando finalizou a produção do filme é que se apercebeu do monstro que havia criado.

Numa outra conversa com a Fandom, o cineasta disse que Dune será como ir para uma galáxia muito distante, não se privando de fazer uma comparação com o franchise agora dirigido pela Disney. «A minha ambição é fazer o filme ‘Star Wars’ que nunca vi. De certa forma, será um ‘Star Wars’ para adultos».

O realizador pretende começar a produção brevemente e talvez convencer Roger Deakins a embarcar no projeto como diretor de fotografia.

Partilhar